Neste ano, se você escapou de ser demitido, certamente conhece alguém que está passando ou passou por esta situação. O desemprego já atingiu mais de 13,5 milhões de pessoas em todo o Brasil, alcançando a maior taxa de desocupação desde 2012.

O cenário ainda é de incerteza, muitos funcionários ainda temem a demissão, acabam acumulando mais e mais funções e a insegurança em relação ao futuro gera um certo desgaste. Mas e agora? Como mudar este jogo e engajar o funcionário?

Se você nunca tinha pensado nesta alternativa, vou listar 5 motivos para apostar no marketing esportivo como grande aliado neste processo.

1) Fator Emocional
A emoção talvez seja o maior atributo do esporte. Sensações como expectativa, vitória, alegria, orgulho, satisfação e até a decepção podem ser experimentadas em um espetáculo esportivo.
Neste ponto que entra a sua marca ou produto, pois aqui ela estabelece esta conexão direta com os seus funcionários, consumidores e fãs do esporte. A emoção do espetáculo é transferida, inconscientemente, para a mente do seu funcionário, que passa a ter um sentimento de pertencimento, de orgulho, uma vez que ele entende que a empresa está lhe proporcionando este benefício, ela fez parte deste momento empolgante que ele está vivenciando.

2) Clima Organizacional
É indiscutível o clima que fica na empresa nas semanas que antecedem um evento. A expectativa é alta e todos os funcionários comentam o tempo todo. Se eles já se empolgam para uma convenção de vendas onde muitos estarão lá para trabalhar e ouvir sobre as novidades, imagina para um evento esportivo no qual eles poderão participar ativamente e precisarão estar aptos para o feito. O clima no pré evento esportivo é incrível, quantos e quantos depoimentos de funcionários que abriram a mão do sofá e começaram a caminhar para estarem mais dispostos, quantas novas amizades se fazem por interesses em comum. Durante o evento é importante trabalhar a relação de confiança que um precisa estabelecer com o outro e o team-building é fantástico. No pós evento é que tudo acontece, funcionários que nem se quer tiveram a oportunidade de se conhecer na empresa, durante o evento passam a conversar, pois o esporte tem a capacidade de unir as pessoas e melhorar o relacionamento entre elas.

3) Promoção do Equilíbrio Físico e Mental
Muitas empresas dizem estar preocupadas com o funcionário e o seu bem estar. Mas o que elas estão fazendo de diferente? Quais são estas iniciativas? Falar em promoção de saúde e bem estar e continuar entregando apenas benefícios como Vale Refeição e Vale Transporte são coisas bem diferentes.
Já são diversas pesquisas que apontam como o esporte proporciona a melhora da produtividade dos funcionários. Corrida, caminhada, basquete, futebol, tênis ou crossfit, seja qual for, tudo vai aliviar as tensões das responsabilidades diárias. Funcionários ativos na prática de atividade física e de bem com a vida certamente irão contaminar os demais. São experiências positivas envolvendo os funcionários que farão com que seja possível a marca ter um awareness no quesito promoção de saúde e bem estar.

4) Redução de Custos com Saúde
Prevenir é muito melhor do que remediar, certo? Seja qual for o esporte, treinar ajuda na redução do stress, melhora a auto confiança, ajuda na liberação de nossa carga emocional que acumulamos em nosso sistema nervoso. Funcionários ativos e saudáveis são menos propensos a ficarem doentes, faltarão menos e aumentarão a produtividade com a redução do absenteísmo. Investir em esporte significa economizar em saúde, reter talentos e garantir funcionários motivados, empenhados e saudáveis.

5) O retorno é garantido!
Seja qual for a sua intenção, um evento mais simples ou um mega evento, o retorno da ação (se bem organizada e conduzida por profissionais capacitados) é garantido. Investir no funcionário é o maior e melhor investimento que a empresa pode fazer, mostrar que está com ele é algo extraordinário, pois são estes bons momentos que ficam na cabeça. Se você perguntar ao seu funcionário qual foi a última reunião que ele participou certamente ele terá uma dificuldade em recordar, mas pergunte sobre a última festa ou evento, ele vai te contar até nos mínimos detalhes cada uma das ações que foram realizadas.

Agora já imaginou somar tudo isto com a mensagem que a empresa quer passar? Existem milhares de possibilidades, mas o principal será se reinventar neste cenário desafiador. E se você ainda não está investindo no marketing esportivo, veja o seu concorrente, certamente ele já está se mexendo!

Fique ligado no blog! 😉

Um grande abraço,

Fernando Pereira
Sócio Diretor da Life Marketing Esportivo
Instagram: @fergupereira